Resumo

  • Formação em E-learning com aulas assíncronas, por isso terá o apoio de um tutor que esclarecerá através de mensagem ou email todas as suas questões.
  • Será elaborado um cronograma e durante a sua vigência, poderá realizar o curso no horário e dias que melhor lhe convier.
  • Possibilidade de alargar o cronograma, sem qualquer custo adicional.
  • Poderá efetuar o download de todos os recursos didáticos colocados na plataforma moodle.
  • Curso essencialmente prático devido à existência de exercícios práticos que aproximam a formação teórica ao contexto real de trabalho.

Duração:

30 Horas

Preço

96 €

OBJETIVOS GERAIS

  • Pretende-se que no final do curso de formação, os formandos identifiquem os requisitos de segurança associados às máquinas e equipamentos, implementando as respetivas diretivas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Identificar os riscos, medidas preventivas e de proteção, bem como a legislação aplicável associada aos equipamentos de trabalho;
  • Compreender as normas técnicas, códigos de boas práticas, informação técnica e manuais de instrução dos equipamentos.

MÓDULO 1: ENQUADRAMENTO LEGAL (6 HORAS)
– Diretiva máquinas
– Diretiva equipamentos de trabalho

MÓDULO 2: EQUIPAMENTOS DE TRABALHO (12 HORAS)
– Riscos
– Medidas preventivas e de proteção
– Legislação aplicável

MÓDULO 3: NORMAS TÉCNICAS, CÓDIGOS DE BOAS PRÁTICAS, INFORMAÇÃO TÉCNICA, MANUAIS DE INSTRUÇÃO DE EQUIPAMENTOS (12 HORAS)

  • Todos os potenciais interessados que pretendam desenvolver os seus conhecimentos e competências nesta área de formação.
  • Técnicos Superiores e Técnicos de Segurança no Trabalho que pretendam realizar a atualização científica e técnica através de formação contínua, e que tenham exercido a atividade por um período mínimo de dois anos, durante a validade do respetivo título profissional;

O Certificado  é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10 valores, numa escala de 0 a 20 valores, sendo válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Tratado de Bolonha.

Os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar ECTS de acordo com o regulamento de creditação de formação. O regulamento  vigente em cada instituição de ensino superior, tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento),conforme o disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, retificado pela Declaração de Retificação n.º 81/2009, de 27 de outubro, e Decreto-Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, com republicação.